Equipe Ford pronta para o Rally dos Sertões 2013 com o Caminhão Cargo

Rally
O Cargo modelo 1933 4x4 participará na edição 2013 do Rally dos  Sertões.

A Ford, maior vencedora do Rally dos Sertões em caminhões, está pronta para uma das mais difíceis competições do mundo. Com nove títulos na categoria, a equipe Ford Racing Trucks/Território MotorSport vai correr com um Cargo modelo 1933 4x4 na edição 2013 dos Sertões. A largada será na quinta-feira (25 de julho) e vai até 3 de agosto, com um roteiro de 4.115 quilômetros que justifica a sua fama de maior competição off-road das Américas.            

No ano passado, a equipe Ford Racing Trucks/Território Motorsport foi campeã nos Caminhões Leves com o Ford F-4000 4x4 e vice-campeã nos Caminhões Pesados com o Cargo 1933 4x4. Este último será novamente pilotado por Edu Piano, junto com o navegador Solón Mendes e o copiloto Carlos Sales.

Chamado de "Monstro", o Cargo 1933 pesa mais de 7 toneladas e atinge a velocidade de 220 km/h. Ele conta com sistema de tração 4x4 com diferencial central e bloqueio e teve a potência do motor ampliada para 680 cavalos. Outra novidade é a suspensão, que foi aprimorada em relação ao conjunto usado no ano passado. A embreagem, barras estabilizadoras e freios também são especiais, assim como a transmissão, reduzida de 13 para seis marchas para condução esportiva.

"Na estreia do Novo Cargo, tivemos um excelente resultado no ano passado. Agora, desenvolvemos ainda mais o caminhão que está muito bom para os Sertões", diz Edu Piano. "O roteiro é sempre cheio de desafios, com vários tipos de terrenos, mas temos um ótimo caminhão para brigar pelo título."

Equipe bem estruturada

A estrutura de apoio da equipe inclui um caminhão Cargo 2628 6x6, um gigante com 19,80 metros de comprimento, desenvolvido pela Território 4x4 do Brasil Veículos Especiais. Equipado com gaveteiros, bancadas, gerador de 12 kVA, ele foi projetado para transportar peças e pneus de reposição.  O Rally dos Sertões 2013 terá largada e chegada em Goiânia, GO, com um trajeto que passa também pelo estado de Tocantins e o temido Deserto do Jalapão.

Fonte: Imprensa Ford