Ford é a campeã do Rally dos Sertões 2013 com o Novo Cargo na categoria caminhões

rally

A Ford foi a campeã do Rally dos Sertões 2013 na categoria Caminhões com o Novo Cargo da equipe Ford Racing Trucks/Território Motorsport. Comandado pelo trio Edu Piano, Solon Mendes e Carlos Sales, o pesado da Ford dominou de ponta a ponta o maior rali das Américas, trazendo mais um título para a marca que é a maior vencedora da competição em Caminhões, com nove títulos conquistados. 

O time somou seis vitórias consecutivas nos Caminhões Leves entre 2007 e 2012, com o Ford F-4000, e foi vice-campeã nos Pesados no ano passado com o Ford Cargo versão 1933 4x4. "Era o título que faltava", comemora Edu Piano, piloto e chefe da equipe.

"Foi um rali sensacional, muito difícil, e o trabalho de toda a equipe foi fantástico. Mas o caminhão esteve perfeito, muito bem preparado, e isso fez a diferença para a nossa vitória."

 

O trio venceu sete das dez etapas e foi líder absoluto do rali, com uma vantagem final de mais de 14:30 horas sobre o segundo colocado. A conquista tranquila - se é que se pode chamar assim o desafio de 4.115 km percorrido entre os estados de Goiás e Tocantins - é resultado de muito planejamento e da experiência do time. 

Com seis títulos em 18 participações nos Sertões, Edu Piano é o piloto recordista de vitórias em Caminhões. O navegador Solon Mendes soma 16 participações e cinco títulos na categoria, sempre ao lado de Piano. O co-piloto e mecânico Carlos Sales comemorou seu primeiro título, que por isso tem um sabor especial. "Acho que nunca vou me esquecer deste título. Foi muito gratificante ver a evolução do caminhão e como ele foi guerreiro e não deu trabalho nesse Sertões", diz.

O caminhão Ford Cargo versão 1933, do tipo cavalo-mecânico, passou por uma preparação especial para a competição e foi apelidado de "Monstro". Com mais de 7 toneladas, ele ganhou sistema de tração 4x4 e teve a potência do motor ampliada para 680 cavalos, capaz de acelerar o bruto a mais de 220 km/h. A base robusta do modelo Ford garantiu a resistência para enfrentar o desafio que deixou muitos outros veículos pelo caminho.

Fonte: Imprensa Ford