Série F da Ford volta ao mercado em grande estilo

Com novo motor 2.8 de 150 cv, modelos apostam em robustez e versatilidade

F4000
F-4000 4x4, um dos modelos da nova Série F
da Ford Caminhões
Um dos caminhões mais tradicionais do mercado está de volta após três anos de ausência. É a nova Série F da Ford, que chega formada por três modelos: o semileve F-350 e os leves F-4000 e F-4000 4x4. Equipados com o novo motor 2.8 da Cummins, de 150 cv, e uma nova transmissão de cinco velocidades da Eaton, os novos caminhões ficaram cerca de 6% mais econômicos no consumo de diesel, graças em parte à tecnologia SCR de redução de emissões. O modelo oferece ainda um nível reduzido de ruído e vibrações na cabine.

 

Destacam-se nos novos modelos atributos como robustez e versatilidade tanto para uso urbano quanto rural, unindo potência e capacidade de carga superior com o conforto de uma picape. Segundo a Ford, o novo conjunto de motor e transmissão aprimora a dirigibilidade e também reduz o ruído e vibração na cabine. Freios ABS com EBD (distribuição eletrônica da frenagem) e ar-condicionado são equipamentos de série.



“A Nova Série F amplia a linha da Ford Caminhões, que hoje é uma das mais completas do mercado, e consolida a liderança da marca no segmento de leves”, diz Guy Rodriguez, diretor de Operações de Caminhões da Ford América do Sul.



No F-350 o PBT (peso bruto total) é de 4.500 kg, com carga útil mais carroceria de 2.128 kg.  É um caminhão semileve feito para profissionais autônomos que trabalha em aplicações como entregas fracionadas, serviços de manutenção e distribuição comercial de atacado e varejo.

 Sua cabine se destaca pelo conforto interno e o rodado simples, que facilita a operação. Tem comprimento de 5,73 metros e altura sem carga de 1,94 m.

F350



O F-4000 tem peso bruto total de 6.800 kg e carga útil mais carroceria de 3.949 kg. É um caminhão leve com rodado duplo que oferece versatilidade e eficiência para uso misto, em serviços como entrega fracionada, manutenção de serviços públicos e aplicações fora de estrada.



Sua robustez o torna adequado ao uso em aplicações rurais, onde veículos mais leves têm dificuldade de rodar. A cabine tem fácil acesso e vem com equipamentos que aumentam o conforto. Seu comprimento é de 6,32 m, com largura de 2,02 m e altura de 2,03 m sem carga.



f40001

Único caminhão leve com tração integral do mercado, o F-4000 4x4 amplia a capacidade para aplicações severas, com trem de força de alta resistência e durabilidade. Entre outras aplicações, é indicado para manutenção de redes elétricas, telefonia, água e esgoto, aplicações rurais diversas, suporte na mineração e construção civil.

 Chega com PBT de 6.800 kg, carga útil mais carroceria de 3.810 kg e capacidade máxima de tração de 10.400 kg.

Seu ângulo de entrada de 26 graus e ângulo de saída de 27 graus facilitam a rodagem em terrenos de difícil acesso, mesmo com carga total. É um pouco mais alto do que a versão 4x2, com 2,06 m, mantendo-se igual nas outras dimensões.



4x4

“Além de serem utilizados para o trabalho pesado, muitos clientes aproveitam o conforto interno e a facilidade de dirigir dos caminhões Série F para deslocamentos eventuais para uso pessoal”, conta Antonio Baltar Jr., gerente nacional de Vendas e Marketing da Ford Caminhões. “Há famílias do interior do país que usam os veículos como carro de passeio nos finais de semana, embora essa não seja sua finalidade específica.”



O modelo chega em quatro cores: branco Ártico, vermelho Arizona, prata Dublin e azul Califórnia. Essa cartela foi definida por meio de pesquisas com consumidores e está de acordo com os padrões globais da Ford.



O programa de pré-venda lançado pela Ford Caminhões para reserva da nova Série F superou as expectativas e somou mais de 800 pedidos. A Nova Série F chega com garantia de 12 meses para os veículos e 24 meses para motor, câmbio e diferencial, sem limite de quilometragem.



O comprador tem a opção de fazer o contrato de manutenção Fleet Service, com a disponibilidade de três tipos de plano: manutenção preventiva (Class), manutenção preventiva mais peças de desgaste natural (Plus) e manutenção preventiva mais corretiva (Prime).


“O objetivo do contrato é dar tranquilidade e transparência na manutenção, com condições flexíveis que permitem o atendimento das necessidades de cada cliente”, diz Silvio Fedele, gerente de Rede de Distribuição e Pós-Venda da Ford Caminhões.

 Com a nova Série F, a Ford Caminhões passa a oferecer caminhões em todos os segmentos do mercado – semileves, leves, médios, pesados e extrapesados.

“A Série F sedimentou a imagem da marca Ford Caminhões no mercado brasileiro”, diz Guy Rodriguez.

 O projeto da nova Série F foi liderado pela engenharia da Ford Brasil e envolveu mais de 700 mil quilômetros de testes no Campo de Provas da Ford em Tatuí (SP).

Fonte: Imprensa Ford