Cummins comemora fornecimento de motor à Série F

O ISF 2.8 equipa os caminhões da Ford que chegam ao mercado em setembro

WPA 9010

A Cummins South America, fabricante independente de motores Diesel, Componentes e Grupos Geradores, celebra o fornecimento do ISF 2.8 para a Nova Série F da Ford, que chega ao mercado no início de setembro. A fabricante também comemora os diversos benefícios que a motorização trouxe à linha, composta por três modelos: o semileve F-350 e os leves F-4000 e F-4000 4×4.

A nova gama relançada pela Ford traz tecnologia Redução Catalítica Seletiva (SCR) para redução de emissões e atendimento às normas Euro 5, desenvolvida pela Cummins, única empresa do mercado que oferece soluções desde a entrada de ar até a saída dos gases de escape. O SCR é produzido pela Cummins Emission Solutions (CES), unidade de Negócio da Cummins responsável por desenvolver sistemas de pós-tratamento.

Com a solução completa e integrada oferecida à Série F, a Cummins equipa a nova gama com motor ISF 2.8 e confirma a tendência do mercado em oferecer propulsores menores de alta tecnologia que reduzem emissões atrelado ao índice de consumo reduzido e o mesmo desempenho de propulsores de maior cilindrada.

Outras vantagens como baixos níveis de ruído e vibração e excelente relação peso/potência com demanda de carga foram comprovadas durantes os testes realizados pela equipe de engenharia da Ford em parceria com a Cummins, que envolveu mais de 700 mil quilômetros no Campo de Provas da Ford em Tatuí (SP), no interior paulista.

De acordo com Luis Chain Faraj, diretor de Marketing e Vendas da Cummins South America, o projeto de desenvolvimento teve duração de cerca de dois anos e conseguimos comprovar logo de início a menor vibração e ruído com a nossa nova motorização, ou seja, 60% menor que a antiga Série F.

Na sequência, ainda segundo Faraj, o objetivo foi obter, com o trem de força, definição da caixa de câmbio e a relação de eixo, desempenho superior quando comparado com a versão antiga em testes com e sem cargas. “Trabalhamos bastante no quesito conforto e para oferecer um produto com preço competitivo ao mercado, por isso o uso da tecnologia downsizing”, afirma.

cummins

O motor Cummins ISF, de 2.8 litros e quatro cilindros, desenvolve 150 cv (@ 3.200 rpm) e torque de 360 Nm (@ 1.500/2.900 rpm) e traz como característica de funcionamento o aumento mais rápido de rotação, oferecendo melhor sensação inicial de performance. O consumo ficou 6% menor, considerando diesel e ARLA, quando comparado com a motorização Euro 3, disponível nas versões anteriores.

O futuro da nova Série F é promissor. O sucesso do conjunto pôde ser comprovado com a pré-venda lançada pela Ford Caminhões que superou as expectativas e somou mais de 800 pedidos. “Nosso objetivo é fazer com a Ford volte a ser líder no mercado de leves e semileve, pois são veículos com grande tradição no mercado e que a Cummins contribua com este marco”, diz Faraj.

São motores que possuem arquitetura e tecnologia que irão permitir, futuramente, a adequação aos requisitos Proconve P8 [Euro 6] de emissões” conta Faraj.

Filtro de Combustível – A Cummins Filtration (CF), fabricante de sistemas de filtração e fluidos com sua marca Fleetguard, lançou no mercado um novo filtro de combustível, desenvolvido exclusivamente para os motores Cummins ISF.

Batizado como módulo de combustível Fleetguard LD-95, o filtro, aplicado inicialmente no mercado automotivo, traz interior de plástico e ausência de componentes metálicos na parte externa, tornando-o produto mais leve e ecológico.

Além disso, o novo LD-95 evita o descarte de materiais desnecessários ou não reaproveitados que podem agredir o meio ambiente, pois com o uso do cartucho ecológico necessita apenas da troca do elemento filtrante que pode ser reciclado. Vale acrescentar que além de manter as condições padrões de performance de resistência e durabilidade, o material do conjunto completo é cerca de 55% mais leve que os filtros Spin-On.

Nosso objetivo é colocar um produto diferenciado que atende as aplicações de veículos leves com apelo ecológico com facilidade de manutenção e linha feita em composite (plástico) ”, diz Marcio Auada, gerente de engenharia da Cummins Filtration.

O meio filtrante do Fleetguard LD-95 é o Stratapore, tecnologia que filtra até 5 microns, desenvolvida e patenteada pela Cummins Filtration. O novo produto está disponível na Nova Série F da Ford e pode ser utilizado também em qualquer motorização leve e semileve.

A fabricante de filtros ainda assegura a primeira troca com o LD-95 aos 20mil quilômetros e afirma que o novo produto é compatível com o biodiesel. “O usuário poderá ainda em condições menos severas prolongar o uso e ser avisado pelo sensor de restrição disponível no módulo filtrante. O filtro está certificado pelas normas ISO e SAE”, informa Auada.

Fonte: www.cargapesada.com.br