Novo F-350: resultado inicial coloca o modelo da Ford como líder entre caminhões semileves

F4000 A Ford lançou o novo caminhão F-350 e em seu primeiro mês de venda o modelo liderou o competitivo segmento de veículos comerciais semileves no Brasil. O caminhão da Série F obteve uma participação de 34,2 % do setor  onde concorrem oito modelos tradicionais.

“Esse resultado do F-350 demonstra que o lançamento da Ford era muito aguardado. Ele mostra a credibilidade que a Série F tem no mercado de caminhões e que foi ampliada com novos atributos técnicos que fazem da linha um sinônimo de robustez e produtividade. Antes mesmo de chegar à rede de distribuidores, o nosso caminhão semileve já tinha tido grande procura na fase de pré-venda”, diz Guy Rodriguez, diretor de Operações de Caminhões da Ford América do Sul.

Com peso bruto total de 4.500 kg e carga útil mais a carroceria de 2.125 kg, o caminhão semileve F-350 é utilizado em aplicações como entregas fracionadas, serviços de manutenção e distribuição comercial de atacado e varejo. Ele é equipado com motor Cummins Euro 5 de 150 cv, que oferece maior potência e torque, além de menor nível de ruído e maior economia de combustível em comparação a motorização anterior. Sua robustez foi aprimorada com a nova transmissão Eaton de cinco velocidades, com relações de marcha que geram mais torque nas rodas e aumentam sua força, principalmente em subidas.Também conta com eixo traseiro Dana 70, com opção Track-Lock, que auxilia a tração em condições de baixo atrito.

Destaque nos médios

 A Ford Caminhões também se destacou no segmento de médios em setembro. O Cargo 1519 foi o modelo mais vendido na faixa de peso bruto total de 15 toneladas, com uma participação de 41,5%. O modelo tem peso bruto total de 14.500 kg e é equipado com motor de quatro cilindros, com potência de 189 cv e torque de 600 Nm.

“O Cargo 1519 tem tido uma trajetória de sucesso, devido principalmente à eficiência e economia de combustível que proporciona. Além de aplicações urbanas, no transporte de bebidas, material de construção, mudanças e coleta ponto a ponto, também é muito usado no transporte rodoviário de médias distâncias”, diz Antonio Baltar Jr., gerente nacional de Vendas e Marketing da Ford Caminhões.

Fonte: Imprensa Ford