INVESTIMENTOS DE R$ 455 MILHÕES E A FUTURA ENTRADA NO

SEGMENTO DOS EXTRAPESADOS

A Ford Caminhões anunciou que irá investir R$ 455 milhões de 2011 a 2015 em suas operações de veículos comerciais no País. Durante a Fenatran – Feira Internacional do Transporte –, em São Paulo, a empresa também informou que planeja lançar futuramente um novo caminhão extrapesado, segmento de mercado inédito para a marca.

Ainda sem data definida de lançamento, o novo caminhão Ford será um projeto global, que irá complementar a nova geração da Linha Ford Cargo que chegou ao mercado no início deste ano.

"Temos um programa contínuo de investimentos nas operações de veículos comerciais. Considerando o aporte até 2015 teremos aplicados aproximadamente R$ 1 bilhão em menos de uma década. Isso nos coloca como uma forte marca no setor de caminhões no Brasil", afirma Marcos de Oliveira, presidente da Ford Brasil e Mercosul.

Projeto Global

Depois da renovação da sua linha de médios e pesados, a Ford Caminhões agora planeja avançar para o segmento de extrapesados. "Neste momento, a Ford não irá revelar maiores detalhes do novo produto, nem a data de lançamento. O nosso trabalho é acelerar o desenvolvimento deste novo projeto global, que nos permitirá disputar todos os segmentos de mercado", diz Oswaldo Jardim, diretor de Operações de Caminhões da Ford América do Sul.

A Ford Caminhões realiza esse desenvolvimento em conjunto com suas operações mundiais, com participação da engenharia local. "O novo produto, assim com a Nova Linha Cargo será um caminhão surpreendente em termos de tecnologia, qualidade, capacidade e custo-benefício", enfatiza Jardim.

Euro 5

A Ford Caminhões lançou em março a nova geração global da Linha Ford Cargo. Esse foi o maior lançamento da história da marca, apresentando simultaneamente 11 novos modelos, entre os quais a versão cabine-leito, inédita na linha Ford de caminhões.

Projeto de caminhões mais recente, o Novo Cargo chegou ao mercado com o desenvolvimento para receber a tecnologia Euro 5. Os novos motores de baixa emissão introduzidos pela Ford adotam a tecnologia SCR (sigla em inglês para Redução Catalítica Seletiva), que geram mais potência e economia de combustível.

O Novo Cargo foi o primeiro projeto de caminhões da Ford no mundo a usar o sistema global de desenvolvimento do produto da marca (GPDS – Global Product Development System). Ele traz avançadas ferramentas de análise virtual que permitem chegar mais rápido à configuração ideal do produto e o trabalho simultâneo de todas as áreas de engenharia.

Para receber o Novo Cargo, a fábrica de caminhões Ford, em São Bernardo do Campo, SP, foi aprimorada com novos processos, aquisição de equipamentos de última geração e treinamento de pessoal, com foco na qualidade do produto. A velocidade da linha de montagem foi ampliada para 22 veículos/hora – a mais alta na produção de caminhões no Brasil. Ou seja, um novo veículo sai na ponta da linha a cada 2 minutos e 40 segundos.

A Ford é também a única operação de caminhões do País a ter uma estrutura de testes e desenvolvimento de veículos comerciais em seu Campo de Provas, na cidade de Tatuí, em São Paulo.

Fonte: Imprensa Ford