Governo vai apoiar renovação de frota de implementos

Segundo a Anfir, o ministro Armando Monteiro se comprometeu também a melhorar a participação do BNDES em financiamentos

carreta O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, MDIC, vai atuar para que o programa de renovação de frota, que inclui a substituição de implementos rodoviários antigos por modelos mais novos e seguros, seja aprovado. Segundo estimativa da Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários, ANFIR, a medida pode representar já no primeiro ano de sua aplicação aproximadamente mais 1.000 unidades emplacadas de reboques e semirreboques.

A informação foi passada pelo ministro Armando Monteiro durante reunião com representantes da ANFIR, realizada terça-feira, 24 de março, em Brasília. Participaram, além do ministro, Margarete Gandini, diretora do Departamento de Indústrias de Equipamentos de Transporte da Secretaria do Desenvolvimento da Produção do MDIC; o presidente da ANFIR, Alcides Braga; os vice-presidentes José Vidoti e José Carlos Spricigo e o diretor-Executivo da entidade Mario Rinaldi.

No encontro o ministro também informou que vai estudar a ampliação da participação do BNDES nos financiamentos de implementos rodoviários para até 80% do valor do bem. A regra atual do PSI/Finame estabelece a parcela financiável em 70% para pequenas e médias empresas e 50% para grandes empresas. Até o final de 2014 esse percentual era de 100% do valor do bem.

O volume de implementos rodoviários emplacados no primeiro bimestre de 2015 ficou 41,06% abaixo do total apurado no mesmo período de 2014. Em janeiro e fevereiro foram 14.728 unidades ante 24.987 produtos emplacados no primeiro bimestre do ano passado.

Fonte: www.cargapesada.com.br