Written by Maria Cristina.

pneus

É algo como quase 45 milhões de pneus de carros de passeio. É aproximadamente essa a medida das 223 mil toneladas de pneus reciclados no Brasil no primeiro semestre de 2014. O dado foi divulgado pela Reciclanip, entidade ligada a Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos (Anip) que possui 834 pontos de coleta em todo o Brasil.

A entidade tinha a previsão de aplicar em torno de R$ 99 milhões na coleta este ano, valor superior ao registrado em 2013.

 Os recursos resultam nestes números. Há 10 anos, eram apenas 85 pontos de coleta. A operação logística para a coleta dos pneus hoje é feita por 70 caminhões. O processo de recolhimento e reciclagem de pneus no Brasil começou em 1999 pelos próprios fabricantes de pneus, a partir do Programa Nacional de Coleta e Destinação de Pneus Inservíveis. Naquele ano a iniciativa acumulou 2,90 milhões de toneladas de pneus inservíveis. Desde então os fabricantes do setor já investiram R$ 570 milhões no programa.

A reciclagem é necessária em pneus que já passaram por todos os processos de recapagem e se tornaram inutilizáveis. Para reciclar, é preciso separar a borracha, tiras de aço e tecido que compõem os pneumáticos. A borracha é moída e se transforma em tapetes de automóveis, solas de sapato, pisos industriais e para quadras esportivas, materiais de vedação e até dutos pluviais. Outro uso inteligente do material reciclado é adicioná-lo ao asfalto para recapeamento de vias públicas.

Fonte: www.brasilcaminhoneiro.com.br